quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A humanidade é Bisexual - Será?

quarta-feira, 12 de agosto de 2009
Por Simone Freitas

Já reparam que agora virou moda todo mundo ser BI?
Fanny ex BBB se assumiu bi, Priscila ex BBB também, Fergie também saiu do armário, enfim, não sei se é modismo ou se é algo que dá Ipobe.

Mas a questão é que Freud já dizia que toda a humanidade tem potencial para ser bissexual.
Saiu na mídia: Folha Online

Sinceramente, acho problemático dizer que todos são bi. Daí nasce preconceitos como estes: "Faluno é gay, mas se experimentar mulher, muda de idéia", "Beltrano só é machão assim porque nunca provou homem", etc.

A sexualidade é um conjunto de comportamentos relacionados a necessidades físicas, sociais e afetivas. Skinner disse, em "Sobre o Behaviorismo", que um heterossexual pode, em determinadas circunstâncias, ter uma experiência gay e continuar sendo hetero.

Que circunstâncias são essas?

- Curiosidade (Especialmente em fases exploratórias da vida, como a adolescência)
- Tesão (privação prolongada de sexo ajuda, como ocorre com detentos, militares, etc)
- Amizade (Tem uma gíria para isso: "Fuck Buddy")
- Álcool (sim, tem gente que fica saidinho com apenas algumas cervejas).

etc, etc, etc.

Sendo a sexualidade comportamento, e não uma estrutura interna imutável da pessoa, então ela pode variar. Fases da vida e eventos podem fazer uma pessoa ora hetero depois se tornar homo, ou o contrário.


O lado B.i da Vida

Já se ouviu falar muito em aquela pessoa que gosta tanto de se relacionar com homens, como com mulheres e que “recebem” o nome de gillete. Gillete? Ora a gillete não corta para os dois lados? Então? É mais ou menos assim que é vista a pessoa bissexual. Mas isso é uma conotação do senso comum. A realidade da bissexualidade é bem mais ampla e complexa.

A bissexualidade tem como característica, um homem sentir-se atraído afetiva-sexualmante por mulheres, mas também para com os homens, sendo que o mesmo pode acontecer com as mulheres, ou seja, podem sentir atração por homens e por mulheres, e isso não significa um a relação ao mesmo tempo, ou seja, estar com os dois sexos. Ah! E não é por ai, como deve estar pensando, e sim com cada sentimento ao seu tempo, em seu lugar, digamos que no coração de um bissexual, tem lugar para amar todos.


Para os heterossexuais, a bissexualidade, é “coisa de gente sem vergonha”, e para os homossexuais, é “coisa de homossexuais mal resolvidos”.Nem preciso salientar aqui, que o preconceito diante da bissexualidade fica extremamente escancarado, e rodeado por todos os lados. Eu sou bi e me tratam com muito mais preconceito por não ter a sexualidade definida.

Esse assunto merece todo nosso respeito, pois é uma parte da sexualidade que traz uma idéia de mistério e ate mesmo de fascínio, digamos que pode ser considerado intrigante.

-Ninguém nasce com idéia formada sobre sua vocação sexual. A bissexulaidade não pode ser vista como uma escolha, ate porquê ninguém nasce sabendo o que vai ser, o que quer ser, e isso nos já estamos cansados de saber, mas tentar entender se torna mais difícil, pois a mente das pessoas carrega muito preconceito, e isso impede a compreensão dos mistérios da sexualidade humana.

-Biologicamente, se nasce homem ou mulher, seres fisicamente perfeitos e definidos aos olhos da sociedade. Mas o comportamento, ira tomar sua forma, diante de todas as influencias possíveis, dentro do contexto a que esta inserida, ou seja, diante do ciclo bio-psico-social.

-Na chegada da adolescência, onde as descobertas com o próprio corpo começam a surgir, as vontades, os desejos, as curiosidades sobre o sexo estão exalando hormônios, é que tudo se torna mais complicado, porque, esse já é um período conturbado para os adolescentes, ainda mais sobre as duvidas sobre a sua própria sexualidade, que esta no auge de sua formação.

-O que pensar, por exemplo, quando um rapaz tem lá suas vontades de estar com meninas, mas de repente seu pensamento é invadido por uma sensação estranha de querer estar também com um outro rapaz, seu colega da escola. Nossa? O que estaria acontecendo? Ele é um maluco? Esses e outros questionamentos irão permear a mente desse individuo por um bom e longo tempo, pois esta em conflito com suas escolhas sexuais.

-Digamos que esse rapaz já tenha experimentado o sexo com seu oposto, ou seja, com mulheres, mas fica sentindo que algo ainda lhe falta. Inicia-se então, uma busca incessante pela “pessoa certa”, pois a idéia que tem sobre o que ta se passando com ele, seria de “encontrar essa pessoa certa”.


- Porém seu desejo pelo mesmo sexo, continua ali presente, mas ele reprime e acaba sublimando tudo isso. É um processo lento e talvez doloroso, pois já não é alguém tão igual aos rapazes da sua idade, e a sociedade, como sempre, recrimina os diferentes, e o medo de ser diferente impede a tomada de decisões, por isso o bissexual pode ficar vários anos “em cima do muro”.

Mas, essa pessoa, percebendo em si a falta que faz ter a outra parte que lhe completa, que seria aqui uma pessoa do mesmo sexo, ele então, já se identifica como um ser bissexual e ira ter que encarar os sentimentos que tem e tentar viver da melhor forma possível com isso. Se essa pessoa se deixar sofrer muito pelo preconceito, o que, depende do seu modo de ser, ele vai acabar sofrendo duplamente, pois se deixar um ou o outro sexo de lado, ira se sentir um eterno incompleto.

E você o que acha disso?
bjkas

9 comentários:

Amora disse...

Oi querida adorei a materia.
Eu me descobri bi e já nao consigo viver sem as duas pessoas da minha vida.
É complicado mesmo, o pessoal sempre acha que a vida do Bi é voltada para a putaria, mas não é verdade, gostamos de provar sentir desejar e ambos os sexos nos atraem.
Eu por exemplo estou num relacionamento a tres a 7 meses e nem por isso sai feito louca flertando por ai...
O unico problema é que com 1 amor já da trabalho, 2 a pessoa tem que estar disposta a enfrentar tudo e todos.
beijao delicinha

Uma Pulga em desesperO disse...

Muitos só querem experimentar pra ter certeza do que são, apesar de que cada uma sabe bem o que é, ou, não sabe mesmo. Bju

Flor de Azeviche disse...

Essas meninas da "TV" ficarem dizendo por aí que são bi, para mim, é moda, é ibope, é tudo, menos verdade.

Eu acho que bissexualidade é algo muito complexo para se falar assim, mas tirando por mim (que já me disse bi), é um pouco de falta de coragem de se assumir e uma certa aceitação.

Digo isso para os homo's, não dessas meninas que falam isso para se promoverem rs.

Beijoos =)

Cruela Veneno da Silva disse...

Priscila Bi?

eu quero.

Monica disse...

mto bom o texto.
Acho que no fundo tem vontade pelo menos de saber como é...mas nao que isso os tornem bi né.

bjoka meninas

Astridy disse...

Olá!
Não acho que de repente virou moda ser bi. Vejo essas pessoas como " gulosas ", ou seja, querem comer de tudo...rs.
Sou lésbica e nunca passou pela minha cabeça ter algo com um homem.
Acredito muito em vidas passadas; portanto; essas pessoas que são bi ou estão bi, supostamente trazem ISTO de outras vidas. Não estou afirmando nada, digo o que sempre pensei sobre a bissexualidade.
Espero que na minha próxima vida eu volte lésbica, por que bi não quero ser não!
Tenho uma colega bi! Ela mora com um homem e o trai com mulheres. Quando a conheci ela se dizia lésbica. Depois se proclamou bi. Não sei rolou conflitos naquela cabeça. Ela me parece muito confortável nesta vida dividida. Talvez eu tenha um pouco de preconceito quanto ao assunto. Pelo menos não namoro nenhuma bi. Não sou cientista, por isto não faço experiências.
Gostei do tema. É bem polêmico!
Beijos.
Astridy.

. whatsa.coca disse...

É bem³ fácil achar e falar de um tema polêmico... mas o difícil é saber que isso acontece com a gente. Não diretamente no meu caso. Sou hetero, namorei anos um menino que sempre se disse hetero mas eu sempre desconfiei por sua 'cabeça aberta demais' comparada a outros meninos que conheço.Até aí tudo bem...
Até que eu descobri que ele é bi (ou melhor, enxerguei) nós conversamos, brigamos por ele não ter me contado... e apesar de saber que ele sofre comigo e me ama isso me dói sabe?
É uma puta insegurança e além do fato de eu respeitar ter amigos bis, gays, lesbicas mas MEU NAMORADO é uma coisa muito, mas muito diferente.
Ele diz que nunca ficou com outro cara se nem sabe se é mas porque eu ainda me sinto tão mal?
Se alguém pudesse me dar qualquer help eu agradeceria, não posso falar isso pra ninguém.
Muito obrigada.

Afrodite disse...

Acho complicado comentar...até pq sempre concordei que o mundo é bi!Pq temos que ser 8 ou 80?E as nuances da vida?Quem explica?
Entendeu?É por aí...
Eu mesma sempre tive uma enorme curiosidade sobre fazer sexo com outra mulher.O que me faltou?Um empurrãozinho pra concretizar.
Mas gora,casada,acho quase nula a probabilidade de experimentar...quem sabe um dia a coragem vem?
Beijo!

dmmvera disse...

"Sendo a sexualidade comportamento, e não uma estrutura imutável da pessoa, então ela pode variar."

achei esta a melhor frase do texto, simplesmente perfeita.

porque é tão dificil para o ser humano aceitar o que é obvio?
já li muito afirmações de que futuramente todos seremos bissexuais, mas e daí?
os peixes mudam de sexo para sobreviver, o que nos torna diferente deles se todos somos seres a procura da sobrevivencia?

parabéns :}

Blog Widget by LinkWithin
 
Provei e Gostei © 2008. Design by Pocket