sexta-feira, 10 de julho de 2009

Viver em segredo? Seguir os Padrões?

sexta-feira, 10 de julho de 2009
Por Simone Freitas



O desejo pelo ser igual está lá, sempre. Ora em ebulição, ora adormecido. Cabe aqui muito bem a explicação de Freud: "desejo é o impulso de recuperar a perda da primeira experiência de satisfação." A experiência do prazer com uma pessoa do mesmo sexo foi vivida e está lá, cresceu, ficou. Por outro lado, a decisão pessoal é pela vida dentro dos padrões da sociedade.

Para os meninos: - Namorada, os amigos do futebol, o prestar contas à família e inclusive decidindo pelo casamento.
Para as meninas: - Namorado, amigas da faculdade, o prestar contas à família, noivar, casar com um bom moço e ter filhos saudáveis e fortes.

Difícil definir essa vida paralela que não é um problema, mas sim uma decisão. A pessoa gosta da vida "normal" e ela está acima de tudo inclusive do Amor homossexual. Com o tempo flui naturalmente, desde que jamais represente um risco para a vida dentro dos padrões.

Essas pessoas têm amigos assumidamente gays e até já viveram algumas relações com eles, desde que sem abalar sua imagem, mas a vida que querem é a do padrão. Mantém um relacionamento homossexual , mas a vida dentro dos padrões está lá acima de tudo. Essa pessoa não se considera homossexual, nem bissexual. Ela vive essa aventura, como se fosse uma fantasia, mas com a maturidade de quem sabe que gosta daquele ato e que aquilo não vai prejudicar em nada sua trajetória oficial.

Quer dizer quase nada, e o outro na história, como fica??? Será que não sofre também, por ter de tolerar que o parceiro ou parceira se esconda em meios aos padrões Sociais.Será que vale mesmo o segredo??? Perder um Grande Amor para manter os padrões ??? Ninguém tem o direito de classificar o ser humano como se fosse exato: heterossexual, homossexual, bissexual. Não se trata de uma mercadoria com código de barra, trata-se de um complexo de emoções, sentimentos e informações chamado ser humano.

Não, Agir com descrição é algo completamente diferente do que criar uma fantasia para viver...Seguir os padrões impostos pela sociedade, família...
Viver com descrição, para preservar o amor existente entre duas pessoas do mesmo sexo , sim!!!
Encarar uma vida atípica e negar a possibilidade de viver um sentimento verdadeiro, puro, de constituir algo maior...jamais!
Beijos meninas e meninos.
Bom final de semana!

12 comentários:

Amora disse...

Nossa apavorou...
amei o texto principalmente este trexo
"Não se trata de uma mercadoria com código de barra, trata-se de um complexo de emoções, sentimentos e informações chamado ser humano. "
Eu amo meus amores por amor mesmo..nada é curtição..houve uma fase que quera mas ninguem machucou ninguem e agora que temos um relacionamento a 3 solido...nos importamos muito com a pessoa que esta conosco... e os problemas dela sao nossos de agora em diante tb.

Ela faz parte da nossa vida e almejamos o futuro se assim ela preferir..
beijos adoro vcs

Cinderela disse...

realmente creio que pra embarcar numa relacao dessa tem que todos estar cientes sem machucar as pessoas envolvidas no relacionamento.
bjks

Simplesmente disse...

Olá, td bem? Adorei seu blog. Mto bom mesmo.
Há algum tempo (pouco tempo) criei um junto com minha namorada. Podemos seguir seu blog?
Bjos, obrigada.

você? disse...

Caramba, é até bom tocar nesse assunto poraqui, porque é a mais pura realidade. Conheço um monte de meninos e meninas que encaram a vida assim, passam por essa "aventura", mas sabem que no fim vão acabar casando com parceiro do sexo oposto, ter filhos e tudo o que a sociedade exige de vc. Dai o parceiro que é homossexual se fode geraaaal, nutre sentimentos e pá pá oá... deverdade, esse tipo de coisa tá tão rpesente na nossa sociedade viu!?

um abraço.

Catarina.

Duda disse...

Girls!

Adorei passear por aqui..

O blog é ótimo! Divertido, informativo, e bem feminino!

Podemos divulgar no Lesbosfera?

Beijos e a gente se vê!!

Monica disse...

adorei a matéria o pessoal ta mais preocupado com si proprio e esquece que a outra pessoa pode ter sentimento e isso pode reverter ou encadear uma certa revolta que só a psicologia pra curar ou amenizar depois.
tenho amigas que enbarcaram nessa e hj nao acreditam mais no amor..

beijos

Aquela disse...

Triste mas é real.
Pessoas morreriam para "guardar esse segredo".

Talvez covardia, talvez falta de auto-aceitação, talvez por pura cobrança de quem está de fora...

Para estar com alguem realmente, é preciso entrega de corpo e alma, metade não vale...

:)

Afrodite disse...

Sabe perdi um grande amor por causa disso, hoje ja não vivo tanto nos padrões, mas continuo discreta, ao menos hj não saio mais com homens para agradar o povo, mas tambem não desfilando por ai ou agarrando mulheres, pois assumo que tenho pais pré-conceituosos, fazer o que nem tudo é perfeito... adorei o post.

Mari disse...

Meninas,

Amei este filme!
Já fiz o post de vcs no Lesbosfera!
Espero que gostem!
Bjos!!

Renata J. disse...

Passo por isso com minha namorada, sempre preocupada com o que a família e os amigos vão pensar e sempre falando de rapazes e de como é pegadora. Às vezes ela entra em crise, quer assumir, mas logo volta atrás. Às vezes penso em desistir, procurar outra pessoa, mas se é a ela que amo, o que posso fazer. Amei o post. Vou divulgar, viu? Parabéns!

Vida de Fênix disse...

Tem um meme e sekinho pra vcs meninas no meu blog...fofas...

Juliana disse...

Nooossaaaa!!!
Nunca tinha lido alguém retratar com tanta exatidão as minhas mazelas .
Parabéns

Blog Widget by LinkWithin
 
Provei e Gostei © 2008. Design by Pocket