segunda-feira, 5 de outubro de 2009

A saga de quem não veste 38

segunda-feira, 5 de outubro de 2009
Por Ruth Lisboa

Dentre a mulherada que escreve aqui no blog eu sou a mais cheinha de todas.
Então vou por a boca no trombone:

No final de semana fui às compras (tudo em 5X sem juros que é pro meu salário dar conta), como estagiária fui às lojas de departamento. Sabem aquelas grandes cheias de araras pelo meio da loja, com uma porção de roupas iguais de todos os tamanhos? É pois é.

Todos os tamanhos não, né? Calças 38 e blusas P. Você veste isso? Eu não!

Todos os dias os jornais avisam que a população está maior, mais gorda (tá, gordinha pra ficar delicado), mas as roupas nas lojas diminuem. Afinal como diria Nigel (Diabo Veste Prada) o 40 é o novo 48 e o 44 é o novo 56.

Eu não me encaixo, estava com a minha mãe, ela ia para um lado e eu para o outro, olhava as etiquetas e voltávamos ao ponto de partida:

-E aí?
-Nada.

Próxima loja

-E aí?
-Nada.

Entrei na Marisa e uma blusinha PP com o módico valor de 89,99. Caraca, eu não sabia que a Marisa havia se tornado uma nova Triton. Paciência. Fui entrando na loja e achei uma arara com uma plaquinha: Tamanhos Especiais.

Não gostei muito, mas fui lá ver, chamem como quiser, minha mãe também me acha especial e o Igor também. Eu juro que ao encostar na arara os tamanhos ali pendurados eram: 44, 46 e 48. Gente, desde quando 44 é tamanho especial?

Fato é que apesar de todo mundo cantar aos 4 ventos que as diferenças são importantes e inclusão é coisa moderna e fundamental, a ditadura da moda continua "hitleriando" as vestimentas mundo afora. Abram revistas femininas de moda e beleza (Nova, Claudia, ELLE) as moçoilas são esquálidas, pálidas e tristes. E onde entram minhas curvas despadronizadas, meu rosto corado de andar no sol e meu sorriso escancarado?

Sabe aquele vídeo que rola pela internet, com tradução do Pedro Bial "Filtro Solar"? Pois é, o Bial diz: Não leia revistas de beleza, elas só vão fazer você se achar feio. É fato, eu me sinto um demônio cada vez que abro uma dessas.

Porque o importante é ser magro. Seja magro e serás feliz. A magreza é o caminho para a redenção. Pessoas magras são felizes e constroem carreiras promissoras. Magras podem ter namorados lindos, casarem, terem filhinhos e fazer comerciais de Doriana.

Se você não é magra você não é feliz, se você não é magra você é feia. Se você não é magra não vai sair em revista de beleza (droga, queria tanto).

Se você é gorda é relaxada. Se você é gorda sua vida amorosa será uma água turva e parada. Se você é gorda sua vida profissional jamais irá decolar. Se você é gorda vai morrer de infarto já já. Se você é gorda o mundo te odeia e não há lugar para você dentro dele. Se você é gorda vai entalar na roleta, vai quebrar cadeiras de plástico (eu nunca quebrei que fiquei claro). Estão no feminino, mas o masculino também é válido, ainda que em menores proporções.

Sei que tudo isso parece muito ferro e fogo, mas para dizer se é ou não é mesmo assim, tem que sentir na pele. Alguém aí tem uma revista Nova em casa? Vai lá e abre, procura uma cheinha.

Achou?

Não né?

Mulheres cheinhas (to fazendo o possível pra ser delicada) não fazem sexo meu bem. (não hein?!rs) então por que estariam retratadas nas páginas da revista?!

Eu não me acho feia (não muuuiiito feia), mas com a explosão de tantas mensagens (não)subliminares, fica difícil manter a auto estima lá em cima, difícil bem difícil.

Eu não "sou" na moda!!!

E vc, é?




FEIA?

9 comentários:

Marcia disse...

Lucky:

Nem me fale sou gorda, sou bem casada, tenho uma vida sexual maravilhosa, mas realmente os gordos estão muito "out", sem dúvida. O gikovate comenta em seu livro sobre emagrecimento que nunca houve tanta pressão para que as pessoas emagreçam e ao mesmo tempo nunca houve tanta oferta de comida no mundo,guloseimas, refrigerantes etc.Beijos.

Ton disse...

As coisas estão mudando:
http://bit.ly/jHuE9
Eu adoro uma mulher "normal" =)

Cintia Guimarães Veiga disse...

Excelente tema!
Eu sofro por não estar dentro dos padroes que a midia impoe...mas não adianta a população gordinha é maior que o numero de pessoas magras no mundo ainda...
Acho que a industria tinha que fazer roupa pro nosso tamanho e não impor que só magro se veste bem.

bjos

Zá (ou não) disse...

Adorei esse post.
Mais que todos os outros daqui do Provei.

Eu sou muito magrela, aliás, o 38 nem me serve, tem que ser 36.

Mas não sou magra assim por opção, mas pq não engordo mesmo.

E me irrito muito quando as pessoas me elogiam por isso, porque elas estão se referindo a um modelo construido, que eu não faço parte, nem quero fazer.

Eu odeio esses padrões, essa ditadura, que me aprisiona inclusive, porque sou negra, tenho cabelo duro, não tenho bundão.

No fim, acho que todas as mulheres, inclusive as gostosas, sofrem com essa imposição, porque é como um fardo que elas carregam, como se a beleza fosse a única coisa que tivessem a oferecer, e qualquer deslize, qualquer centimetro a mais as tornaria inuteis.

Cruela Veneno da Silva disse...

imagine a minha sga pra comprar um vestido pra uma festa.

uso 42, mas deveria usar 40 e gostaria de usar 38.

Porém... nem na loga CANGURU ELEGANTE eu consegui algo bom bonito e barato.

Anna Oh! disse...

Olha, moça, eu tb sou cheinha e peno horrores pra comprar roupa. A "sorte" é q eu sou fininha na parte de cima, o q me rende alguns M da vida... mas calças, socorro!
Não sei, eu usava 44, e do nada, só me entravam 46, 48! Diminuíram, sério... pq eu tô a mesma.
E aí, choramos, queremos picotar as roupas e temos sim esses pensamentos, de q a felicidade depende proporcionalmente da magreza.

Péssimo, mas acontece....

Besos, adorei o post e rolou uma mega identificação hehehehehehe

Uma Pulga em desesperO disse...

Apoiadaaaaaa

Jake disse...

epa.
nos magrelas tb sofremos.
ainda mais pq roupa pra gente magra que fique bem só tem em loja cara.
aja dinheiro pra se vestir.
bem que poderiam deixar mais barato as roupas de quem usa 36 2e 38 ja que a grande parte da populacao nao os usa..seria bom para os magrinhos =) hehe
bju

Afrodite disse...

ADOREI o post!
Eu sou gorda(sm!GORDA) e tenho uma puta autoestima!Me amo do jeito que sou!E sou bonita!Chamo atenção na rua qd me produzo!!
Meu marido(MAAGROOOOO) me acha sexy !E pra completar(que ninguém me ouça:tenho amante!E já tive muitos!!!)
Acho uma babaquice essa moda de anoréxicas!
Beijo!

Blog Widget by LinkWithin
 
Provei e Gostei © 2008. Design by Pocket